Esquadrão Classe A

Eu acho que o principal problema dos filmes de ação hoje em dia é que todos eles querem ser como o Batman. Sabe, ser o cara resmungão, que nunca sorri, jogando frases de efeito em um tom sarcástico? O que esses filmes não conseguem entender é que a única razão pela qual nós gostamos do Batman é que, embora ele faça essas coisas, ele é um cara em uma roupa de borracha de morcego, pulando de um lado para o outro como um foragido do manicômio. E também por causa do Coringa.

Infelizmente, cada vez mais filmes estão seguindo essa linha de desenvolvimento de personagem – ou seja, não desenvolvendo. Será que algum dia haverá novamente um filme de ação que tenta ser divertido? Bem, boas notícias, felizes de plantão – agora tem!

Liam Neeson! Liam Neeson! Liam Ne-

Esquadrão Classe A, ao contrário do que eu pensava quando fui assistir, não é um filme com roteiro 100% original. Na verdade, Esquadrão Classe A era uma série de televisão da década de 80, sobre um grupe de soldados que foram acusados injustamente de um crime durante a guerra do Vietnã, que escaparam e se transformaram em heróis de aluguel – ou mercenários, para os menos românticos. Hannibal era o chefe bom em bolar planos, Murdock era o piloto doidão, Cara-de-Pau era o legal estiloso que sempre corria atrás de um rabo de saia, e Baracus era a tropa de choque. O novo filme é basicamente uma história de origem – uma prequel, se você preferir – que conta como eles foram acusados injustamente, e o que fizeram para escapar. E é claro, o cenário foi atualizado de Guerra do Vietnã para Guerra do Iraque, porque um filme sobre a Guerra do Vietnã só seria visto por pessoas com mais de 50 anos, e Esquadrão Classe A não está buscando esse público.

O Esquadrão original.

Bem, provavelmente vocês querem saber se o filme é bom. Me deixe resumir dizendo que o Hannibal é interpretado pelo Liam Neeson, o que por si só já ganha 50 pontos em uma escala de 0 a 100. Ok, ok, sem puxação de saco. De qualquer forma, a parte realmente boa de Esquadrão Classe A é que o filme entende que ninguém consegue se apegar a personagens que encaram dificuldades sempre com aquela postura rabugenta e sem emoção (a não ser que o personagem em questão seja de um filme de faroeste e interpretado pelo Clint Eastwood), e faz com que os personagens acabem se divertindo no meio das batalhas.

Sim, isso mesmo, se divertindo. Por exemplo, tem uma cena no filme onde eles estão dentro de um tanque blindado, caindo a velocidade terminal pelo céu, e começam a dar um jeito de não virarem uma massa disforme morta quando atingirem o chão. É uma cena completamente absurda e bizarra, e não há nada que possa ser feito a respeito a não ser rir. E é aí que você percebe que os personagens também estão rindo. Eles estão caindo pelo céu, fazendo um tanque blindado “voar”, e caindo na gargalhada. Basicamente, o filme mostra que os personagens escolheram aquele estilo de vida pela mesma razão que você foi ver o filme: para ter um pouco de diversão. A idéia básica é que se os personagens se divertirem, isso vai ser contagioso e passará para o público. E pelo que eu reparei, a fórmula funciona bem.

Weeee!!

Se você é velho o bastante para ter assistido a série Esquadrão Classe A, o filme tem exatamente aquilo que você pode esperar: planos malucos improvisados, explosões gigantescas, Baracus com medo de voar, Murdock sendo libertado de manicômios, e Hannibal dizendo que adora quando um plano dá certo. Mas que fique bem claro que não é preciso conhecer a série para gostar do filme. Eu fui ver com alguns amigos, nenhum de nós nem mesmo sabia ainda que era baseado em uma série, e ainda assim nós nos divertimos muito. Basicamente, se você é do tipo que não aguenta mais filmes de ação tentando virar uma mistura de Batman, 24 Horas e a Trilogia Bourne, e quer filmes de ação que sejam legais de assistir, esse é o filme para você.

Frase Final: O dono deste blog gostaria de esclarecer que, embora ele seja 100% heterossexual, ele se casaria instantaneamente com o Liam Neeson se tivesse a oportunidade.

Ah, qual é, quem não casaria? Ele já foi o Qui-Gon Jinn, o Raz Al-Ghûl, o Zeus, o Aslam, Schindler… Como não amar esse cara?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: