Ataque dos Corbynes

Depois de cerca de um mês e nenhuma visita de mim mesmo do futuro, eu estou oficialmente descartando a teoria de que meu celular consegue receber ligações de uma máquina do tempo. Se você não sabe do que eu estou falando, leia isto.

Mas o caso é que, eu estava no cursinho outro dia, e como não conseguia encontrar forças para prestar atenção na aula, meu olhar foi dirigido para algumas dezenas de celulares nas mãos e bolsos de outros alunos da sala. E eu acabei reparando que eram iguais ao meu.

Meu celular é daqueles desenvolvidos especificamente para adolescentes metidos à besta que gostam de aparelhos moderninhos mas não são ricos o suficiente para comprar um iPhone. Se eu realmente precisasse descrever eu diria algo na faixa de “parece que o iPhone foi esmurrado algumas vezes e caiu dentro de uma lata de tinta”. Ele tem um formato torto na lateral, e algumas partas possuem cores vibrantes, sendo que as do meu são amarelas, e me deixam tão envergonhado em público que eu me esforcei para cobrir a maior parte dele possível com preto. Tem uma tela touch-screen e vários menus e botões coloridos dentro dela. Não é a coisa mais empolgante do universo, eu sei.

E ainda assim, tinha algo estranhamente hipnótico em ver várias pessoas mexendo nos celulares, e eu estava lutando contra uma vontade irresistível de tirar o meu do bolso e arriscar ser pego pelo professor. E eu tenho certeza que todos na sala estavam sentindo algo parecido, porque a cada minuto que passava eu via mais e mais celulares. E o que é pior, TODOS ERAM IGUAIS AO MEU.

"Toda resistência é inútil!"

Eu fui para a Bienal do Livro nesse fim de semana, e havia pessoas com isso lá também. Também tem outros com colegas da minha escola antiga que eu encontrei outro dia. E quando eu fui obrigado a me apresentar para o exército (fui dispensado, e convido todos os examinadores a morrerem de derrame) eu vi mais alguns com os outros caras que foram convocados para os exames. Foi aí que eu comecei a ficar desconfiado, então um dia eu fui olhar a caixa na minha estante, anotei o nome do modelo e guardei na minha memória sem fundo para fatos inúteis.

“Samsung Corby” é o nome. Um nome  bem estúpido se você me perguntar, parece o que um papagaio diria se fosse estrangulado no fundo de uma piscina. A Samsung é uma companhia mundialmente famosa. Você sabe o que a maioria das companhias mundialmente famosas têm? Websites!

Então eu acessei a página e procurei mais informações, incluindo uma dizendo que o produto foi especialmente desenvolvido para agradar à população mais jovem e descolada.

Então eu suponho que poderia simplesmente ser uma tentativa mal-interpretada por mim de atingir um público extremamente específico.

Poderia ser.

Ou.

OU.

Você já assistiu “Ataque dos Invasores de Corpos”? Aquele que eu também não assisti (assisti o remake recente), com um monte de atores que eu não conheço? Nele, uma praga alienígena é espalhada por uma plantinha alienígena que uma pessoa deu para outra pessoa de presente. E se em vez de uma plantinha, fosse um metal alienígena, possivelmente espalhado em uma região bem grande? E se alguém, talvez hipnotizado pelos raios alienígenas, coletasse esse metal e fizesse, digamos, chips de telefone com ele?

Explicaria muito. Explicaria como tem pelo menos um em todos os lugares que eu vou. Explicaria por que eles parecem estranhamente magnéticos. (epifania) Gasp! E explicaria por que os alunos da minha sala que eu mencionei no começo desse post começaram a agir como uns bostas metidos alguns minutos mais tarde! Eles estavam possuídos pelo celular alienígena!

Bem, para mim o assunto está resolvido. Eu vou começar a carregar a maior marreta possível toda vez que sair de casa, e se eu vir um desses celulares eu vou reduzir a coisa maligna a cacos. Se vocês pudessem fazer a mesma coisa eu ficaria incrivelmente grato, assim como o dono do celular. O futuro vai te lembrar como um patriota, mesmo que te encham de porrada no presente!

Certo, de volta ao trabalho.

Sobre diegolomac

O cara que fez o blog que você provavelmente está lendo agora.

Publicado em 16/08/2010, em Humor, Pessoal e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: